Goioerê, sábado, 20 de abril de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE
01/09/2018

Somos Hermanos - Pr. Pedro R. Artigas

Somos Hermanos - Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R. Artigas

Igreja Metodista

Esta sexta feira dia 31 de agosto de 2018, podemos dizer que se torna uma data histórica para nossa cidade de Goioerê. Recebemos os primeiros imigrantes ou refugiados venezuelanos. Pessoas que saíram de seu país devido a penúria e má administração e movidos pelo desejo de poderem viver em um lugar onde há paz. Sabemos de nossos problemas, mas também sabemos que são muito menores que o que eles estão passando. 

Este problema não é restrito somente a América Latina infelizmente, todos os dias vemos pela televisão cenas chocantes de pessoas que estão deixando suas pátrias por diversos motivos. Alguns como estes que aqui chegaram movidos pela fome, pelo desemprego, outros pela guerra e ou catástrofes naturais que de certa forma destruíram todos os sonhos e a vida.

Esse aspecto me faz olhar para o passado de muitas famílias que também por aqui aportaram, muito antes de nossa cidade nascer, italianos, alemães, japoneses, russos, espanhóis e portugueses são alguns que também deixaram suas pátrias para adotarem e serem adotados pelo Brasil, e que aqui fizeram a vida e deixaram seus descendentes.

Minha família é uma dessas que vieram da Europa e se fixaram aqui no Sul, e hoje somos os brasileiros que continuam a fazer crescer nosso solo. Outros são migrantes vieram do Nordeste ou mesmo do Sul e aportaram neste estado e foram com sua pujança abrindo cidades e cultivando o solo.

Quando olhamos para o texto bíblico vemos que o povo judeu começou com um imigrante, Abrão, saindo de sua parentela lá de Ur dos caldeus, e foi para a terra que Deus haveria de lhe mostrar, e andou até chegar a Canaã, ou terra dos cananeus, terra que manava leite e mel. Terra Prometida. Nessa ordem de Deus havia junto uma promessa, “far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção”, versículo 2 do capítulo 12 de Gênesis. 

Voltando a nós, também quando nossos antepassados saíram de suas terras e vieram para cá, traziam dentro de si um novo sonho, uma nova esperança e como Abrão, também uma promessa. Muitas famílias tornaram-se grandes e se espalharam para todo o país.

Depois quando o povo foi oprimido pelos egípcios e novamente Deus ouve seus queixumes e os leva de volta a Terra Prometida, foi novamente uma nova bênção, agora não uma pequena família, mas uma nação. O livro de Josué relata essa entrada e no capítulo 1, versículo 2 lemos: “Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel”.

Nossos irmãos da Venezuela estão sendo oprimidos por um governo déspota e são obrigados a buscar por uma nova pátria, e aqui estão chegando, não para ocupar nosso lugar, ou para nos tirar alguma coisa, mas para ombrear conosco e crescer junto. Da mesma forma que quando Josué entrou na Terra Prometida, junto estavam povos de outras nações que com eles buscavam uma terra de leite e mel.

Assim como muitos que aqui aportaram no começo do século passado também vieram em busca da terra que mana leite e mel, e encontraram junto com os que aqui já estavam uma nova terra, e cresceram junto e formaram a grande nação Brasileira. Nossos irmãos venezuelanos vieram para crescer e nos ajudar a crescer ainda mais e continuarmos a ser a nação de todos os povos.

Somos cristãos, sabemos receber e oferecer o melhor de nosso País, e com eles crescermos para uma nação melhor, e mais amorosa, e mais forte. Sejam bem-vindos Hermanos Venezuelanos, vamos todos juntos trabalhar para um novo e melhor Brasil sob a Graça e Orientação de Deus. Shalon. 

Fonte: Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Escreve sobre Contato Pastoral

Pedro Rivadavia Artigas 

Pastor Metodista formado em 1985 pelo CEMETRE 

Especializado em Aconselhamento Familiar 

Formado em Técnico Químico em 1969 - Colégio Osvaldo Cruz - SP 

Especialização em Marketing pela ADVB - SP em 1974 

Atualmente aposentado Cultivando Orquídeas

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal