Goioerê, sábado, 20 de abril de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE
06/10/2018

Saber rejeitar o mal - Pr. Pedro R. Artigas

Saber rejeitar o mal - Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R. Artigas

Hoje mais que nunca é necessário que saibamos escolher entre o bem e o mal. Tudo que façamos envolve sempre uma escolha, e infelizmente podemos escolher o mal, ou escolher o que não é necessário para nós.

Quantas vezes vamos a uma loja e por mais que escolhamos e muitas vezes compramos errado, e como se diz, deixamos a peça mofar em nosso guarda roupa. Outra vezes além de comprarmos por impulso, ou até por aparência realizamos péssimos negócios que depois nos arrependemos amargamente. Então tudo em nossa vida envolve a escolha.

E a Bíblia em toda sua sabedoria também nos ensina que devemos saber rejeitar o mal, no livro do profeta Isaías no capítulo 7, versículo 15 o profeta falando com o rei Acaz,  fala a respeito do nascimento de seu filho, e em certa altura da conversa, ele diz ao rei: “Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem”. 

E essas palavras foram usadas também por Mateus com relação ao Salvador,é evidente que isto se refere ao alimento espiritual, ao invés de simplesmente a nutrição física, e que Jesus deveria como toda criança aprender as coisas concernentes ao Reino de Seu Pai, para depois revelá-las a todos nós.

Esse momento de comer manteiga ou coalhada mais o mel, estaria no primeiro momento de uma criança em casa ainda pequena, quando é educada. Hoje infelizmente temos transferido esse momento para outras pessoas ou simplesmente não educando a criança, deixando-a livre para fazer o que quiser, e com isto temos perdido o controle de nossos filhos. Daí o problema com muitas crianças e adolescentes que não possuem o freio da educação, agridem o mundo e se acham incólumes a tudo e a todos.

Saber rejeitar o mal, passa pelos momentos não agradáveis de educação dentro dos lares, e a Bíbliadiz  no livro de Provérbios capítulo 22, versículo 6: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”. Essa educação que fala o texto do Rei Salomão é muito sábio, pois quando educamos a criança desde pequena dentro dos parâmetros de respeitabilidade, de sociabilidade e de convivência, ela aprenderá que tudo na vida tem modos e jeitos para se conseguir.

Mas nós pais precisamos saber rejeitar o mal e escolher o bem, não adianta falar a uma criança ou adolescente não faça isso ou aquilo e nós adultos as fizermos, nosso exemplo fala mais alto que nossas palavras. Como também não adianta nada mandarmos nossos filhos á igreja e nós não as frequentarmos e ainda falarmos mal das ações dos que a frequentam.

Tudo na vida é aprendizado, e saber rejeitar o mal é um desses momentos de forte contexto. Porque caminhar pelo mal é muitas vezes mais prazeroso que caminhar pelo lado bem, pois nesse caminho não envolve responsabilidade ou compromisso. Enquanto que caminhar pelo bom caminho envolve de nossa parte responsabilidade e envolvimento.

Um homem ou mulher agressivo viveu esse problema em sua infância e agora passa o ensinamento para a vida adulta, e vai fazer esse modelo por toda sua vida, se não encontrar algo que a faça mudar. E esse algo é o encontro com o Cristo ressuscitado, que muda conceitos e caráter e transforma caminhos. Sem esse encontro continuamos nossa vida de agressividade e de mágoas e amarguras profundas.

Daí o conselho dado por Isaías dar ao pequeno coalhada e mel até que possa discernir entre o bem e o mal, e assim ter uma vida compatível com os caminhos do Senhor Jesus, e sentir felicidade mesmo em momentos de intensa guerra. Creio que podemos fazer essa mudança ainda hoje, ou melhor ainda agora, é só separar um pequeno tempo e conversar com Deus e pedir a mudança, e procurar pessoas que já sentiram essa mudança para ajudá-los na nova caminhada. Pense nisso. Shalon.

Fonte: Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Escreve sobre Contato Pastoral

Pedro Rivadavia Artigas 

Pastor Metodista formado em 1985 pelo CEMETRE 

Especializado em Aconselhamento Familiar 

Formado em Técnico Químico em 1969 - Colégio Osvaldo Cruz - SP 

Especialização em Marketing pela ADVB - SP em 1974 

Atualmente aposentado Cultivando Orquídeas

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal