Goioerê, domingo, 20 de setembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE
26/03/2020

Karatê - Kyokushin

Karatê - Kyokushin

Karatê - Kyokushin

História

Sensei Jerimoto Gaspar dos Santos
 

O karate kyokushin foi criado há mais de 60 anos no Japão por Masutatsu Oyama. Durante dez anos, ele viajou pelo mundo demonstrando seu próprio estilo, confrontando-se com diversos lutadores. Sua técnica e poder eram enormes, chegando a matar touros com as próprias mãos. Ao participar de torneios nos Estados Unidos, foi considerado pela crítica norte-americana como “o homem mais forte do mundo”.

Sosai (presidente) Oyama batizou seu estilo com o nome de kyokushin, cujo significado é “aprofundar-se na verdade”. No Brasil o estilo foi introduzido em 1972 pelo shihan (mestre) Seiji Isobe.

A principal diferença entre o kyokushin e os outros estilo de karate é que suas técnicas são compactas, para contato. O kyokushin visa a luta e o confronto direto entre os praticantes nas competições que promove.

Fundador

Masutatsu Oyama nasceu com o nome de Yong I-Choi, no dia 27 de julho de 1923, na Coréia do Sul. Aos nove anos estudou o Kempo do sul da China, chamado Dezoito Mãos. Em 1938 viajou para o Japão com a intenção de se tornar o primeiro piloto de guerra coreano. Embora a carreira militar não desse certo, continuou treinando artes marciais. Observando alunos praticarem o karate de Okinawa, interessou-se pela arte e foi estudar na academia de Gichin Funakoshi, onde aprendeu o estilo shotokan, graduando-se rapidamente também no estilo goju ryu, judô e boxe. Aos 23 anos partiu para um retiro no Monte Minobu, na província japonesa de Chiba, mas após 14 meses terminou seu isolamento. Em 1947, mesmo vencendo o Campeonato Nacional de Artes Marciais do Japão, reiniciou novo isolamento em ritmo de treino frenético, dessa vez no Monte Kiyozumi. Após 18 meses de treinamento intensivo, retornou à civilização apto a divulgar sua experiência e seu método devastador de Karate.

Em 1950, Oyama começa a testar sua técnica e força lutando contra touros de arenas. No total combateu com 52 deles, sendo que três morreram instantaneamente e 49 tiveram seus chifres arrancados com os poderosos golpes do mestre. Na década de 50 viajou para os Estados Unidos, demonstrando seu Karate e sua filosofia de combate. Durante os anos seguintes, aceitou todos os desafios, resultando em lutas com 270 adversários diferentes. A maioria delas venceu com apenas um soco. Em 1953 abriu seu primeiro dojo a céu aberto, em Tóquio. Somente em 1956, abriu sua escola definitiva que no ano seguinte já contava mais de 700 membros. A central mundial foi oficialmente inaugurada em 1964, e somente então o nome kyokushin foi adotado. Shokei Matsui é o atual substituto legal e grão-mestre japonês que dirige a organização Kyokushinkaikan após a morte de Oyama em 1994.

Juramento da Academia

 

• Treinaremos firmemente nosso coração e nosso corpo para termos o Espírito inabalável;
 

• Alimentaremos o verdadeiro significado da arte marcial do karate para que no devido tempo nossos sentidos possam atuar melhor;
 

• Com verdadeiro vigor procuraremos cultivar o Espírito de abnegação;
 

• Observaremos as regras de cortesia, respeito aos nossos superiores e abstermo-nos da violência;
 

• Seguiremos nosso Deus e eternas verdades e jamais esqueceremos a verdadeira virtude da humildade;
 

• Olharemos para o alto, para a sabedoria e para o poder, não procurando outros desejos;
 

• Toda nossa vida, através da disciplina do karate, procuraremos preencher a verdadeira significação da filosofia da vida.

 

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3838-7475

Fonte: Sensei Jerimoto Gaspar dos Santos

Sensei Jerimoto Gaspar dos Santos

Sensei Jerimoto Gaspar dos Santos

Escreve sobre Karate

Sensei Jerimoto Gaspar dos Santos,  Faixa Preta Nidan, proprietário da Academia Nintai de karatê do tradicional , filiado junto à , Federação de karatê-do Tradicional do Paraná, Confederação brasileira de karatê tradicional e Federação Internacional de Karatê Tradicional.

Professor à 20 anos, atuando nos municípios de Rancho Alegre d'Oeste e Juranda, Campo Mourão e Foz do Iguaçu,  nascido em Goioerê, casado, pai de uma filha. Nesta coluna, vamos trazer as origens, raises, filosofias e realmente o que é Karatê Tradicional e os benefícios que proporciona através da prática correta para a formação de seus praticantes.

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal