Goioerê, quarta-feira, 24 de abril de 2024 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

15/02/2024

Missão ao Nebraska abre agenda internacional do Governo do Paraná em 2024

Missão ao Nebraska abre agenda internacional do Governo do Paraná em 2024

A primeira missão começa na próxima segunda-feira (19), quando o governador Carlos Massa Ratinho Junior lidera a comitiva ao estado americano de Nebraska. A Invest Paraná já organizou sete viagens oficiais em 2024: além de Nebraska, Flórida, Iowa, Polônia, Nova York, Suécia e Canadá.

Após atrair R$ 4,5 bilhões de investimentos privados ao Estado em 2023 com as missões internacionais, o Governo do Paraná promove nesse mês de fevereiro a primeira viagem ao Exterior do ano. A Invest Paraná, agência de atração e captação de investimentos vinculada à Secretaria de Estado da Indústria Comércio e Serviços (Seic), já tem agendadas sete viagens oficiais em 2024 – quantidade que pode aumentar ao longo do ano.

A primeira missão começa na próxima segunda-feira (19), quando o governador Carlos Massa Ratinho Junior lidera a comitiva ao estado americano de Nebraska. Na sequência, serão enviadas missões para o estado americano da Flórida, em abril; para a Suécia, também em abril; Polônia, Canadá e Nova York (EUA), em maio; e o estado americano de Iowa, em julho/agosto. Além do Nebraska, outras quatro viagens devem ser lideradas pelo governador: Suécia, Polônia, Canadá e Nova York.

O diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin, destaca que em 2024 o Paraná vai não só buscar investimentos e parcerias em novos locais, como também em novas áreas comerciais. “Vamos em busca da consolidação da marca Paraná, que vem se mostrando cada vez mais importante no mercado internacional”, enfatiza.

Bekin também lembra que as missões vão em busca de investimentos para projetos prioritários do Estado, como infraestrutura. “Nessas missões, vamos desenvolver papéis importantes do Estado, como a negociação com fundos de investimentos internacionais, já que ainda temos muitos projetos de infraestrutura pela frente, como quatro lotes de rodovias para serem leiloados. Por isso temos que trabalhar essas questões com fundos internacionais nas missões”, ressalta o diretor-presidente da Invest Paraná.

NEBRASKA – A primeira missão oficial do ano será para o estado de Nebraska, na região central dos Estados Unidos, de 19 a 23 de fevereiro. Na cidade de Omaha, a comitiva paranaense vai discutir soluções de irrigação para a agricultura do Paraná.

O Nebraska é referência mundial em tecnologia de irrigação de grandes lavouras, em especial pelo sistema pivô central, o qual foi apresentado ao governador Carlos Massa Ratinho Junior no início de fevereiro em visita no Palácio Iguaçu de representantes da Lindsay Corporation, multinacional especializada em soluções para irrigação e infraestrutura de água que agora vai receber a comitiva paranaense nos Estados Unidos. Vão acompanhar a missão representantes de cooperativas e de empresas ligadas ao agronegócio.

“No Nebraska vamos buscar empresas referência, líderes mundiais no ramo de irrigação com tecnologia pivô. Vamos negociar com empresas que tenham interesse em vir para cá, seja com industrialização do produto deles ou de trazer a tecnologia para a nossa agricultura”, explica o diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná, Giancarlo Rocco.

Além de visitas a corporações do ramo de irrigação, a comitiva paranaense também será recepcionada pelo governador do Nebraska, Jim Pllen. A agenda conta ainda com idas à Câmara de Comércio de Omaha, ao Departamento de Desenvolvimento Econômico, ao Departamento de Agricultura e à Universidade do Nebraska.

Hackathon do Show Rural: idealizadores de projeto sobre frangos ganham viagem ao Chile

FLÓRIDA – Na sequência, o Paraná envia a segunda missão internacional do ano para outro estado americano, a Flórida, em abril. A Invest Paraná vai organizar a comitiva do Instituto Água e Terra (IAT) para conhecer as licenças ambientais da Flórida em vários tipos de empreendimentos, sejam públicos ou privados. O objetivo é avaliar as experiências do estado americano que possam ser implantadas no Paraná para emissão mais rápida e eficaz de licenças ambientais.

SUÉCIA – A terceira missão agendada, também em abril, será liderada pelo governador Ratinho Junior para a Suécia, dessa vez em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). No país nórdico, a comitiva paranaense vai conhecer técnicas de construção civil com madeiramento, em especial a madeira engenheirada, sistema construtivo sustentável em que a madeira ganha resistência e durabilidade para ser usada como estrutura e na composição de edificações, sendo que o peso da estrutura representa 1/5 da de uma construção similar em concreto.

Na Suécia, a comitiva vai visitar centros de pesquisas, bem como prédios públicos e privados construídos com a tecnologia, incluindo uma edificação de mais de 20 andares toda feita de madeira. O objetivo da missão é criar políticas públicas para a implantação desse sistema construtivo de matéria-prima renovável e sustentável no Paraná.

POLÔNIA – A quarta missão do ano será em maio para a Polônia, mais especificamente à província da Silésia, com a qual o Paraná tem acordos bilaterais nas áreas econômica e cultural. Na capital da província, Katovice, a missão paranaense vai participar do 16º Congresso Econômico Europeu a convite do governo da Silésia feito ano passado em visita ao governador Ratinho Junior, que vai liderar a comitiva. Vão participar da comitiva paranaense gestores públicos e empresários.

O diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná explica que o congresso vai reunir investidores de toda a Europa, sendo uma oportunidade para o Paraná mostrar seu potencial. “Vários países vão participar do congresso na Polônia, o que vai permitir entrarmos em contato para fazermos negócios em cima de acordos bilaterais. Nesse fórum, vamos falar tanto com governos, quanto com a iniciativa privada”, aponta Rocco.

CANADÁ E NOVA YORK – Ainda em maio, a Invest Paraná organiza missão dupla para as cidades de Montreal, no Canadá, e Nova York, nos Estados Unidos, ambas lideradas pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

No Canadá, a comitiva paranaense vai cumprir duas agendas na cidade de Montreal. A primeira será de encontros com fundos de investimentos para buscar recursos privados para projetos de infraestrutura do Estado. Na sequência, a missão vai para Sial Foods, maior feira de alimentos da América do Norte, na qual a Invest Paraná já participou nos dois últimos anos intermediando vendas de produtos paranaenses a empresas canadenses.

Em Nova York, o governador Ratinho Junior vai comandar reuniões reservadas com grupos de investidores americanos sobre projetos de infraestrutura, como a concessão de rodovias e a Nova Ferroeste.

Com alta da soja, Paraná registra maior volume de exportações para janeiro da história

IOWA – Entre os meses de julho e agosto, o Paraná envia uma nova comitiva ao Iowa, estado que fica na região Centro-Oeste dos Estados Unidos. Assim como na missão ao mesmo estado em 2023, a comitiva vai conhecer as experiências que transformaram o Iowa em referência do agronegócio nos Estados Unidos.

Além de ser o maior produtor americano de soja e milho, o Iowa também possui o maior rebanho suíno dos Estados Unidos e é destaque na produção de biodiesel e etanol. Participarão da comitiva organizada pela Invest Paraná representantes de cooperativas, além de produtores rurais e empresas do agronegócio.

R$ 4,5 BILHÕES EM 2023 – As missões internacionais do Paraná captaram R$ 4,5 bilhões de investimentos privados em 2023 em prospecção de novos empreendimentos, parcerias comerciais e institucionais e abertura de mercado para os produtos paranaenses. Juntas, as empresas estrangeiras que anunciaram investimentos no Paraná devem gerar cerca de 2 mil novos empregos diretos e indiretos ao longo da aplicação dos investimentos.

Em 2023, o governador Carlos Massa Ratinho Junior liderou missões para o Japão, Coreia do Sul, Canadá, Estados Unidos, Portugal e Alemanha. Já o vice-governador Darci Piana esteve à frente de uma comitiva para a China.

Entre os investimentos trazidos através das comitivas organizadas pela Invest Paraná ano passado, destaque para o aporte de R$ 1 bilhão da fabricante japonesa de pneus Sumitomo Rubber na fábrica de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba; o acordo para instalação de uma planta da farmacêutica sul-coreana Phycoil Biotechnolgy no valor de R$ 350 milhões em Ivaiporã, na Região Central do Estado; a instalação de uma fábrica para produção de macarrão instatâneo da multinacional japonesa Nissin Foods em Ponta Grossa no valor de R$ 1 bilhão; e a confirmação da construção de uma maltaria no valor de R$ 500 milhões em Guarapuava, na Região Central, a partir da parceria da multinacional alemã Ireks com a Cooperativa Agrária.

 

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO E SAIBA MAIS

 
CLIQUE AQUI E FAÇA SEU PRÉ-CADASTRO
PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DO PARANÁ - AEN

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados.

Desenvolvido por Cidade Portal