Goioerê, domingo, 19 de agosto de 2018 ESCOLHA SUA CIDADE

Policial

02/10/2017 | Concebido por Ubiratã

Foragida de Ubiratã é presa em Uruguaiana-RS, condenada pela morte do marido

Foragida de Ubiratã é presa em Uruguaiana-RS, condenada pela morte do marido

Após diligência da Polícia Civil Gaúcha, Neuza Candida da Cruz Gusso, 53 anos, foi presa em Uruguaiana-RS, condenada pelo Tribunal do Júri dá Comarca de Ubiratã a 21 anos de reclusão em regime fechado sob a acusação de ter encomendado a morte do marido, então caminhoneiro, Silvio João Gusso.

O crime chocou a comunidade, no dia dos fatos a acusada deixou o portão de casa aberto e foi caminhar, momento em que a vítima foi rendida é executada em local ermo, e os tiros evidenciaram uma execução.

Ela foi condenada por ter sido no entendimento do Tribunal do Júri, a mandante do crime de homicídio que vitimou o seu esposo, na época chocou a comunidade ubiratanense, pois o casal era muito conhecido na cidade.

 

PUBLICIDADE
 

Fonte: UBIRATÃ | CIDADE PORTAL

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal