Goioerê, sexta-feira, 19 de abril de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Goioerê

03/10/2017

Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha

Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha

Após trabalhar a anatomia do aparelho respiratório na disciplina de Biologia, o professor Anderson de Vechi responsável pela turma, realizou um trabalho com os aluno do 2ª

 Ano, sobre o narguilé, cigarro e a maconha. Onde os alunos puderam pesquisar e explicar os malefícios que causa cada uma dessas drogas. No trabalho foi tratado as seguintes temáticas:

Narguilé - muita gente acha que esse cachimbo de água bastante utilizado nos países do mundo árabe seria menos nocivo que o cigarro. A ideia que sustenta essa crença é que, supostamente, o líquido por onde passa a fumaça do narguilé filtraria as substâncias nocivas do tabaco, especialmente a nicotina. Não é bem assim: de acordo com um relatório publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2005, é verdade que a água filtra um pouco da nicotina. Mas a fumaça continua carregando uma dose da substância suficiente para viciar os apreciadores do narguilé.

Cigarro -São muitos os males que o cigarro causa no organismo do usuário, é interessante ressaltar que até as pessoas que convivem com fumantes (fumantes passivos) podem desenvolver doenças relacionadas ao fumo.

O cigarro é feito de tabaco, erva da família das solanáceas, cujo nome científico é Nicotianatabacum. Sabe-se, hoje, que o cigarro contém mais de 4700 substâncias tóxicas como alcatrão, polônio 210 e urânio (sendo que os dois últimos são radioativos), dentre as quais 43 comprovadamente cancerígenas. Devemos lembrar que, embora o Estado permita sua fabricação e comercialização (graças aos impostos arrecadados), a nicotina, presente no cigarro, é uma droga extremamente viciante, e causa dependência física e psicológica. No Brasil, o tabagismo é responsável por mais de 120.000 mortes ao ano.

 

Maconha -Embora do ponto de vista científico não esteja claro que a maconha possa provocar dependência química, não existe consenso popular da existência ou não dessa dependência.É importante, então, esclarecer como a maconha age no organismo. Assim que a fumaça é aspirada, cai nos pulmões que a absorvem rapidamente. De seis a dez segundos depois, levados pela circulação, seus componentes chegam ao cérebro e agem sobre os mecanismos de transmissão do estímulo entre os neurônios, células básicas do sistema nervoso central. Os neurônios não se comunicam como os fios elétricos, encostados uns nos outros. Há um espaço livre entre eles, a sinapse, onde ocorrem a liberação e a captação de mediadores químicos. Essa transmissão de sinais regula a intensidade do estímulo nervoso: dor, prazer, angústia, tranquilidade.

O sinais psicológicos que podem ocorrer durante a intoxicação pela maconha são:

– Distorções do tempo.

– Perda da memória recente.

– Diminuição da atenção e concentração.

– Paranoia.

– Pensamentos míticos.

– Sentimento de grandiosidade.

– Despersonalização.

Além dos efeitos psicológicos, o consumo de maconha também desencadeia uma série de efeitos físicos que incluem:

– Taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos).

– Aumento de pressão arterial (em doses muito elevadas pode causar queda da pressão).

– Aumento da frequência respiratória.

– Hiperemia conjuntival (olhos vermelhos).

– Boca seca.

– Aumento do apetite.

– Letargia e redução dos reflexos.

Devido a importância do tema, a pedido do professor os alunos também apresentaram para as outras turmas do Colégio, onde todos os alunos tiveram a oportunidades de aprender um pouco mais.

 

 

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL

Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha
Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha
Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha
Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha
Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha
Alunos do 2º ano do Colégio Novo Mundo realizam trabalho sobre os malefícios do Narguilé, Cigarro e a Maconha

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal