Goioerê, domingo, 22 de abril de 2018 ESCOLHA SUA CIDADE

Policial

10/01/2018 | Concebido por Umuarama

Equipe ROCAM encaminha mulher por tráfico de entorpecentes em Umuarama

Equipe ROCAM encaminha mulher por tráfico de entorpecentes em Umuarama

Nesta terça-feira, 09,  por volta das 21h40min, a equipe ROCAM, após tomar conhecimento de que havia uma residência, defronte Ao Colégio Estadual Drª Zilda Arns, em que os moradores estavam realizando o tráfico de entorpecentes, deslocou-se para averiguar a situação.

Ao passar na frente da casa que fica na Rua Paulo Fábio Pimentel Gonçalves, Parque San Remo III, foi verificado pela guarnição várias pessoas na garagem.  Ao se aproximar, foi sentindo um forte odor de Cannabis Sativa, sendo de pronto chamada a responsável pelo local. 

Antes de atender a equipe, a moradora correu para dentro do interior da casa e retornou na sequência. Após ser identificada foi explicada a denúncia e a mesma voluntariamente já confessou que dispensou algo no banheiro. Portanto, foi pedida autorização para realizar a busca domiciliar. Por questões de segurança, foi realizada a verificação em todos os presentes, para ver se não portavam alguma arma e assim salvaguardar a todos, não sendo encontrado nada de ilícito.

Tais pessoas foram identificadas e afirmaram que haviam fumado maconha há pouco tempo. Já em buscas na residência, foi encontrada no banheiro uma bolsa feminina contendo os ilícitos da moradora, quais sejam: 01 pedra de substância análoga a crack, que pesou aproximadamente 52 gramas; 13 pinos de substância análoga a cocaína, que pesaram aproximadamente 9 gramas; 11 buchas de maconha e 01 porção maior do mesmo entorpecente, que pesaram aproximadamente 75 gramas; 01 saco de pinos vazios com aproximadamente 800 unidades; 01 balança de precisão; 01 faca com resquícios de maconha; 01 rolo de papel alumínio e 01 rolo de saco plástico, ambos utilizados para embalar os entorpecentes; R$ 17,00 (06 notas de R$ 2,00 e 01 nota de R$ 5,00).

A senhora confirmou que este seria o ilícito que dispensara e que estava comercializando entorpecentes em sua residência para pagar as contas.  Diante dos fatos, ela recebeu voz de prisão, foi cientificada de seus direitos constitucionais, não sendo necessário o uso de algemas. A autora, juntamente com os objetos e entorpecentes, foram encaminhados para a 7ª SDP para os procedimentos pertinentes.

 

PUBLICIDADE

Fonte: UMUARAMA | CIDADE PORTAL | 3º CRPM/25º BPM

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli | RP - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal