Goioerê, quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE
15/06/2019

Nasce uma religião - Pr. Pedro R. Artigas

Nasce uma religião - Pr. Pedro R. Artigas

Nasce uma religião

Pr. Pedro R. Artigas

 

Domingo passado dia 09 de junho comemoramos o dia de Pentecoste. Dia importante dentro do calendário cristão, afinal marca o nascimento da religião de Cristo, o Cristianismo.

Lendo o texto de Atos dos Apóstolos capítulo 2, versículo 1 a 13, vemos a confirmação da Palavra de Deus, até Jesus. No livro de Joel capítulo 2, versículo 28 diz: "E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões”. Aqui é referencia que o Espírito Santo viria sobre todos os povos, com um propósito, e Jesus no Evangelho de Lucas também avisa que os discípulos deveriam esperar até serem revestidos de poder, conforme está  no capítulo 24, versículo 49: “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder”. E antes de ser elevado aos céus, também enfatiza que os discípulos deveriam permanecer em Jerusalém até que se cumprisse a promessa do Pai. Era importante que os discípulos obedecessem, pois todas as novas ações de Deus dependiam desse fato. Serem revestidos de poder para serem testemunhas até os confins da terra.

E no primeiro dia da festa de Pentecoste cumpre-se a palavra e todos os discípulos ali reunidos são revestidos do Espírito Santo para a tarefa de serem testemunhas de Cristo. Em uma análise simples podemos observar que desde a palavra profética de Joel passaram-se pelo menos 430 anos para o cumprimento da profecia.

O relato contido no livro de Atos é de um acontecimento bastante incomum em todos os tempos, pois 120 pessoas reunidas no Cenáculo recebem o poder de falar um idioma que não falavam costumeiramente. Não é linguagem de anjos, mas como diz o próprio texto no versículo 7: “estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua (idioma) materna?

O espanto era porque os que ali estavam falando não eram doutores, mas homens e mulheres incultos, que dificilmente falavam outro idioma que não o próprio. Ali estava o poder de Deus para revelar ao mundo que naquele momento nascia algo diferente de tudo que até então havia acontecido. E que dali para frente o Espírito Santo estaria a guiar os passos de todos que passassem a professar a fé.

Então podemos afirmar sem medo de errar, não existe nenhuma Igreja Cristã que não seja Pentecostal, no sentido de propagação da Palavra de Deus. Todos nascemos desse momento, somos filhos da atuação do Espírito Santo para uma missão, levar a Palavra de Vida, Consolação e Salvação para o mundo. E que todos precisamos buscar o Novo Nascimento em Cristo que é como podemos dizer, o batismo com o Espírito Santo hoje. E o que é o Novo Nascimento? É o que está no Evangelho de João capítulo 3, versículos de 3 a 7: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.
Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo”. Este novo nascimento nos leva a cumprir a ordem de Jesus em Atos capítulo 1, versículo 8: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra".  Porque a alegria de termos nascido de novo, nos leva a proclamarmos a glória e a vitória de Jesus em nossas vidas. Busque com firmeza e proclame com amor a mensagem renovadora e salvadora de Jesus. Shalom.

Fonte: Pr. Pedro R. Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Pr. Pedro R Artigas

Escreve sobre Contato Pastoral

Pedro Rivadavia Artigas 

Pastor Metodista formado em 1985 pelo CEMETRE 

Especializado em Aconselhamento Familiar 

Formado em Técnico Químico em 1969 - Colégio Osvaldo Cruz - SP 

Especialização em Marketing pela ADVB - SP em 1974 

Atualmente aposentado Cultivando Orquídeas

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal